Tamanho de parcela e número de repetições para experimentos de azevém semeados em filas

Marcos Toebe, Alberto Cargnelutti Filho, Cirineu Tolfo Bandeira, Francieli de Lima Tartaglia, Juliana Oliveira de Carvalho, Alessandra Ferreira Cortes, Edgar Brasil Salis Neto

Resumo


O objetivo deste trabalho foi determinar o tamanho ótimo de parcela e o número de repetições para avaliação da massa de matéria fresca de azevém semeado em filas. Setenta ensaios de uniformidade foram realizados com azevém 'Barjumbo', em 16 unidades experimentais básicas (UEBs) de 0,51 m2 cada uma. A massa de matéria fresca do azevém nas UEBs de 18, 18, 6, 6 e 22 ensaios de uniformidade foi determinada, respectivamente, aos 130, 131, 133, 134 e 137 dias após a semeadura. O tamanho ótimo de parcela foi determinado pelo método da máxima curvatura do coeficiente de variação. O número de repetições foi determinado em cenários formados por combinações de número de tratamentos e de diferenças entre médias a serem detectadas como significativas pelo teste de Tukey, a 5% de probabilidade. O tamanho ótimo de parcela oscilou de 1,73 a 3,18 m2, e o coeficiente de variação no tamanho ótimo de parcela de 7,58 a 13,96%. O número de repetições oscilou de 3,95 (~4) a 32,27 (~33), conforme o delineamento, o número de tratamentos e a diferença mínima adotada. O tamanho ótimo de parcela é de 2,29 m2 e, em experimentos com até 50 tratamentos, são necessárias oito repetições para identificar como significativas as diferenças entre médias de tratamentos de 20,24%.


Palavras-chave


Lolium multiflorum; planejamento experimental; ensaios de uniformidade

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461