Complementaridade entre genitores quanto à precocidade e ao rendimento de grãos em soja

André Ricardo Gomes Bezerra, Tuneo Sediyama, Felipe Lopes da Silva, Cosme Damião Cruz, Amilton Ferreira da Silva, Francisco Charles dos Santos Silva, Daniele Piano Rosa

Resumo


O objetivo deste trabalho foi determinar a capacidade geral e a específica de combinação (CGC e CEC, respectivamente) de seis genitores de soja (Glycine max), para identificar aqueles que são promissores e suas melhores combinações para o desenvolvimento de linhagens superiores quanto à precocidade e à produção de grãos, bem como à melhor época de avaliação. Seis genitores e seus 15 híbridos foram avaliados em blocos ao acaso, durante o inverno de 2014 e o verão de 2015/2016, em casa de vegetação. Os dados obtidos para número de dias para florescimento, ciclo e produção foram analisados pelo método 2 de Griffing, modelo 1. Resultados contrastantes foram obtidos para as duas épocas, com ciclo mais curto e maior produtividade no verão. A maior CGC quanto ao ciclo é observada nos progenitores 'MSOY6101' e 'MSOY9144RR', com sinal negativo e positivo, respectivamente. 'TMG123RR' apresenta a maior CGC quanto à produção de grãos. A maior CEC quanto ao número de dias para o florescimento e ao ciclo está associada aos cruzamentos 'SYN9078RR' x 'MSOY9144RR' e 'TMG123RR' x 'MSOY9144RR', respectivamente. No entanto, a maior CEC quanto à produção de grãos é observada em 'MSOY6101' x 'MSOY9144RR', com valor positivo, e 'TMG801' x 'MSOY9144RR', com valor negativo, durante o verão.


Palavras-chave


Glycine max; capacidade de combinação; maturação precoce; seleção de genitores.

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461