Parâmetros genéticos e seleção de linhagens de feijão-preto para resistência à murcha-de-fusário e produtividade

Mário Henrique Rodrigues Mendes Torres, Thiago Lívio Pessoa Oliveira de Souza, Luís Cláudio de Faria, Leonardo Cunha Melo, Helton Santos Pereira

Resumo


O objetivo deste trabalho foi estimar parâmetros genéticos e fenotípicos em linhagens de feijão-preto (Phaseolus vulgaris) para reação à murcha-de-fusário (RMF), produtividade e massa de 100 grãos (M100), em condições de campo naturalmente infestado por Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli, bem como selecionar linhagens que combinem os fenótipos desejáveis para as três características simultaneamente. Para tanto, 116 linhagens obtidas de duas populações segregantes e cinco cultivares-testemunha foram avaliadas em delineamento experimental látice triplo 11×11, nas safras de inverno de 2015 e 2016, com semeadura em maio. As estimativas de herdabilidade obtidas foram altas: 91, 75 e 92% para RMF, produtividade e M100, respectivamente. Correlações genéticas significativas de -0,93 foram detectadas entre RMF e produtividade e de -0,28 entre RMF e M100, o que indica que linhagens mais resistentes apresentam maior produtividade e maior tamanho de grão. A seleção direta para cada uma das características levou a aumentos de 34% na resistência à MF, 11% na produtividade e 9,0% na M100. A seleção simultânea para as três características também levou a altos ganhos de 22,1% para RMF, 6,6% para produtividade e 7,7% para M100. Assim, há variabilidade genética e alta possibilidade de sucesso com a seleção. Cinco linhagens – CNFP 19237, CNFP 19346, CNFP 19320, CNFP 19291, and CNFP 19306 – apresentam maior potencial genético.


Palavras-chave


Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli; Phaseolus vulgaris; ganho genético; herdabilidade; melhoramento vegetal.

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461