Identificação de locos quantitativos estáveis quanto à produtividade de grãos em arroz

Daniany Rodrigues Adorno Silva, João Antônio Mendonça, Antônio Carlos Centeno Cordeiro, Ariano Martins de Magalhães Júnior, Rosana Pereira Vianello, Claudio Brondani

Resumo


O objetivo deste trabalho foi identificar locos de caracteres quantitativos (QTLs) associados à produtividade em uma população segregante de arroz (GYP). Uma população de 245 linhagens puras recombinantes de arroz, do cruzamento 'Epagri 108' (Oryza sativa subsp. indica) x 'IRAT 122' (O. sativa subsp. japonica), foi avaliada em diferentes locais e anos e genotipada por marcadores de polimorfismo de nucleotídeo único (SNPs). Obteve‑se um mapa de 1.592,8 cM a partir de 9.831 SNPs, tendo-se identificado 25 QTLs. Os seguintes nove SNPs apresentaram estabilidade entre os diferentes ambientes: M1.37719614 e M6.9563117 para GYP; M4.29340056, M5.25588710, M7.29115624 e M12.4534450 para peso de 100 grãos (HGW); e M1.38398157, M4.28368337 e M7.25991230 para altura de plantas. Seis SNPs não estavam presentes nos blocos de ligação:  M6.9563117 e M4.1077080 para GYP; M5.25588710 e M6.8886398 para HGW; e M2.34471005 e M8.5955948 para altura de plantas. Os SNPs M6.9563117 e M5.25588710 foram considerados ambientalmente estáveis e não estiveram presentes em blocos de ligação, o que indica seu alto potencial para uso na seleção assistida por marcadores de produtividade de grãos, em programas brasileiros de melhoramento de arroz.

Palavras-chave


Oryza sativa; DArTseq; genotipagem por sequenciamento; herdabilidade; marcadores moleculares.

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461