Tecnologia de aplicação de SfMNPV-6nd no controle da lagarta-do-cartucho

Joáz Dorneles Junior, Carlos Gilberto Raetano, Evandro Pereira Prado, Rejane Cristina de Oliveira

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a tecnologia de aplicação e a compatibilidade do baculovírus SfMNPV-6nd com surfatantes e marcadores na mortalidade de larvas de segundo instar de Spodoptera frugiperda. Os estudos de compatibilidade foram realizados com os marcadores corante azul brilhante (AB) e oxicloreto de cobre (OC) e com os surfatantes heptametiltrisiloxano óxido de polialquileno (HP) e alquilfenol etoxilado (AE) misturados ao inseticida biológico SfMNPV-6nd. Avaliou-se a dispersão de gotas por meio da pulverização de solução de SfMNPV-6nd em plantas de milho, com uso de pontas de jato plano e cônico vazio. Os parâmetros avaliados foram: depósito da pulverização, diâmetro mediano volumétrico (DMV), tamanho de gotas, pH da solução e mortalidade de larvas de segundo instar de S. frugiperda. Os surfactantes HP e AE apresentam sinergismo com SfMNPV-6nd e aumentam o controle de S. frugiperda. A adição dos surfactantes AE e OC na solução de SfMNPV-6nd reduz os valores de pH. Densidade de gotas, DMV, depósitos da pulverização da solução de SfMNPV-6nd e mortalidade de larvas de segundo instar não diferem entre os tratamentos, independentemente do tipo de ponta utilizado.

Palavras-chave


Spodoptera frugiperda; controle biológico; vírus entomopatogênico; depósito da pulverização

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461