Distribuição de recursos agrominerais no tempo e no espaço – uma perspectiva geológica global

Peter van Straaten

Resumo


Recursos agrominerais são minerais e rochas usados para melhorar a produtividade e a saúde dos solos. Esses recursos podem ser aplicados: indiretamente, ao se extrair e concentrar um ou mais minerais por meio de processos industriais, para produção de fertilizantes convencionais e altamente solúveis; e diretamente, sem processamento, exceto moagem em tamanho fino, para aplicação direta no solo. Recursos agrominerais incluem fosfatos sedimentares, calcário/dolomito, potassa e rochas portadoras de glauconita de origem sedimentar, basalto, fonólitos, kamafugitos e rochas máficas ricas em cristais e de origem ígnea. Entre os recursos agrominerais metamórficos, destacam-se o mármore e o biotita xisto. Contudo, os recursos agrominerais não são distribuídos homogeneamente pela superfície terrestre, ocorrendo mais em uma do que em outra área, e têm se acumulado em diversos ambientes tectônicos relacionados às placas tectônicas, tendo sido formados em períodos geológicos específicos na história da Terra. Portanto, esses recursos ocorrem em “províncias agrominerais” específicas e foram formados durantes “épocas agrominerais” específicas. Este trabalho apresenta um framework conceitual referente à distribuição dos recursos agrominerais no tempo e no espaço. Os agrominerais têm potencial para serem usados como amenizantes aplicados diretamente ao solo e como remineralizadores de solo, para estratégias novas e inovadoras de agricultura, desde que os amenizantes sejam poucos ou livre de contaminantes.


Palavras-chave


mineral resources; agrominerals; fertilizers; soil amendments; soil remineralization

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461