Tipos de comedouros para suínos e efeito da forma física de rações sobre suas perdas

Cláudio Bellaver, Egidio A. Konzen, Dalton L. Santos, Alfredo R. Freitas

Resumo


Este experimento foi conduzido durante o mês de outubro de 1982, tendo como objetivo a comparação de comedouros tipo EMBRAPA (C1) e convencional (C2), bem como a comparação de duas formas físicas de ração, peletizada (R1) e farelada (R2). O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com estrutura fatorial 2 x 2. A unidade experimental foi representada pela perda de ração na baia, durante o dia. Os animais utilizados pesavam, em média, 77,48 ± 0,48 kg no início do experimento, e foram mantidos em baias de piso totalmente ripado. Foi constatada interação estatisticamente significativa (P<0,01) entre tipos de comedouros e forma física de ração. Dentro de C1 e C2, a R2 apresentou perda de ração significativamente maior (P<0,01) do que R1, embora, proporcionalmente menor em C2. A perda percentual de ração foi de 1,37 ±0,58 e 0,99% ± 0,22, para os comedouros C1 e C2, respectivamente.


Palavras-chave


manejo; desperdício; equipamentos; conversão alimentar; peletilização; ração farelada

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461