Efeito de sistemas de manejo sobre a flora de uma pastagem

Jumaida M. Rosito, Gerzy E. Maraschin

Resumo


Uma pastagem de Paspalum guenoarum Arech. e Desmodium intortum (Mill.) Urb., introduzida em 1978 na Estação Experimental Agronômica - UFRS, Guaíba, RS, foi avaliada através de levantamentos fitossociológicos, no verão de 1980 e outono e primavera de 1981. A pesquisa visava o estudo do comportamento da pastagem submetida a sistemas de pastejo com bovinos. As alterações na frequência das espécies foram avaliadas ao longo de transecções, com auxilio de urna única agulha. Altas pressões de pastejo aumentaram a frequência de Cynodon dactylon (L.) Pers. e Paspalum notatum Flueg. (P<0,05), enquanto a frequência do componente mantilho foi beneficiada (P<0,05) com pressões mais leves. Médios e longos períodos de descanso favoreceram (P<0,05) Paspalum guenoarum Arech. e Piptochaetium montevidense (Spr.) Parodi. A frequência das demais espécies não foi afetada pelos sistemas de pastejo empregados (P>0,05).


Palavras-chave


Paspalum guenoarum Arech.;Desmodium intortum ( Mill.) Urb.; levantamento fitossociológico; composição botânica; frequência; flora de sucessão

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461