Microscopia eletrônica de varredura da interação entre Cryptococcus magnus e Colletotrichum gloeosporioides em frutos de mamão

Guy de Capdeville, Manoel Teixeira Souza Junior, Jansen Rodrigo Pereira Santos, Simoni Paula Miranda, Alexandre Rodrigues Caetano, Rosana Falcão, Ana Crsitina Menezes Mendes Gomes

Resumo


O objetivo deste trabalho foi investigar prováveis modos de ação da levedura Cryptococcus magnus, que resultam no controle da antracnose (Colletotrichum gloeosporioides) em frutos de mamoeiro na pós-colheita. A microscopia eletrônica de varredura foi utilizada para avaliar o efeito da levedura sobre inoculações realizadas após a colheita. Os resultados mostraram que C. magnus é capaz de colonizar a superfície de ferimentos nos frutos e vencer a competição por espaço e, provavelmente, por nutrientes. Além disso, C. magnus produz uma matriz de textura característica que afeta a integridade da hifa do patógeno. A competição por espaço e a produção de substâncias que afetam a integridade das hifas estão entre os mais importantes modos de ação desta levedura.

Palavras-chave


Carica papaya; antracnose; levedura antagonista; controle biológico; competição

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461