Caracteres epidemiológicos e uso da análise de agrupamento para resistência parcial à ferrugem da soja

Juliana Araújo Santos, Fernando Cézar Juliatti, Verônica Araújo Santos, Analy Castilho Polizel, Fernanda Cristina Juliatti, Osvaldo Toshiuki Hamawaki

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência parcial de genótipos de soja ao fungo Phakopsora pachyrhizi. Calcularam-se o número médio de pústulas, a severidade e a área abaixo da curva de progresso da doença. Foram encontradas diferenças significativas entre os genótipos quanto ao número médio de pústulas e severidade, aos 12 dias após a inoculação. A análise de agrupamento permitiu a discriminação de genótipos parcialmente resistentes. Os genótipos G4, G41 e G42, referentes aos parentais Cristalina e IAC 100, foram detectados como os de maior resistência parcial à ferrugem da soja.

Palavras-chave


Glycine max; Phakopsora pachyrhizi; análise multivariada; dendrograma; severidade

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461