Desenvolvimento de escleródios de Sclerotium rolfsii em palhas de soja, milho e trigo, sob diferentes temperaturas e umidades do solo

Victor dos Reis Pinheiro, Claudine Dinali Santos Seixas, Claudia Vieira Godoy, Rafael Moreira Soares, Maria Cristina Neves de Oliveira, Álvaro Manuel Rodrigues Almeida

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da umidade e da temperatura do solo no desenvolvimento de Sclerotium rolfsii sobre palhas de soja, milho e trigo. A palha de trigo proporcionou a formação de menor quantidade de escleródios. Umidade do solo intermediária (70% da capacidade de campo) e temperaturas entre 25–300C favoreceram a formação de escleródios. Na faixa de 30–350C, nenhum escleródio foi produzido em qualquer tipo de palha.


Palavras-chave


<i>Glycine max</i>; rotação de culturas; plantio direto; murcha de esclerócio

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461