Desenvolvimento de tambaqui submetido a períodos de privação alimentar

Daniel Rabello Ituassú, Gin Robson Santos dos Santos, Rodrigo Roubach, Manoel Pereira-Filho

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da privação alimentar em parâmetros de crescimento e composição corporal de juvenis de tambaqui (Colossoma macropomum). Em um delineamento inteiramente casualizado, 180 juvenis pesando 75,68±8,62 g foram distribuídos em 12 tanques de 180 L e submetidos a quatro períodos de privação (0, 14, 21 e 28 dias). A massa média dos peixes ao final do período de privação alimentar foi menor à medida que o tempo de privação aumentou. Ao final do experimento, somente peixes submetidos a 14 dias de privação alcançaram a massa dos peixes alimentados sem restrição. O fator de condição não revelou diferenças significativas entre tratamentos ao final do período de privação ou ao final do experimento. As taxas de crescimento específico e o índice hepatossomático foram similares entre todos os tratamentos. Os peixes submetidos à privação exibiram os maiores valores de consumo diário de ração e os menores valores de eficiência alimentar. As porcentagens de umidade e proteína corporal foram maiores quanto maior o tempo de privação, mas não houve variações significativas dos níveis de extrato etéreo. Juvenis de tambaqui apresentam crescimento compensatório quando submetidos à privação alimentar.

Palavras-chave


Colossoma macropomum; nutrição de peixes; piscicultura; composição corporal

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461