Novos genótipos de trigo tolerantes a toxicidade de alumínio obtidos por meio de indução de mutação

Augusto Tulmann Neto, Marcelo Correa Alves, Carlos Eduardo de Oliveira Camargo, Jairo Lopes de Castro, Wilson Penteado Ferreira Filho

Resumo


Onze mutantes tolerantes a Al3+ foram selecionados a partir de sementes da cultivar de trigo (Triticum aestivum L.) sensível Anahuac, tratadas com raios-gama. O objetivo deste trabalho foi comparar esses mutantes com a cultivar original e as tolerantes IAC-24 e IAC-60 de 1994 a 1996, em ensaios de campo em solo ácido (Capão Bonito) e corrigido (Monte Alegre do Sul) no Estado de São Paulo. Produção de grãos e várias características agronômicas foram analisadas. Todas as linhagens mutantes produziram mais que a cultivar sensível em solos ácidos em Capão Bonito. Em solos corrigidos, dez mutantes apresentaram produção similar à Anahuac original e um, menor produção. A maioria dos mutantes apresentou produção similar à das cultivares tolerantes IAC-24 e IAC-60 em ambas as condições. Alguns dos mutantes mostraram alterações em características agronômicas, mas tais alterações em geral não afetaram a produção de grãos. Os resultados indicaram que linhagens tolerantes com boas características podem ser obtidas de cultivares sensíveis a partir de indução de mutação, permitindo o cultivo em condições nas quais o Al3+ é um fator limitante.

Palavras-chave


solo ácido; calagem; métodos de melhoramento; mutante; raios-gama; características agronômicas; rendimento de grãos; melhoramento de plantas

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461