Expressão diferencial de genes induzida por ácido salicílico e por Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici, em tomateiro

Daniel Oliveira Jordão do Amaral, Marleide Magalhães de Andrade Lima, Luciane Vilela Resende, Márcia Vanusa da Silva

Resumo


O objetivo deste trabalho foi determinar o perfi l de transcritos em plantas de tomate (Lycopersicon esculentum Mill.), durante a infecção com Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici e após a aplicação foliar
de ácido salicílico. A técnica de hibridização subtrativa por supressão (SSH) foi utilizada para gerar uma biblioteca de cDNA enriquecida por transcritos diferencialmente expressos. Foram identifi cados 307 clones,
em duas bibliotecas subtrativas, que permitiram o isolamento de diversos genes de defesa com função em diferentes processos relacionados à resistência vegetal contra patógenos. Também foram isolados, nas duas
bibliotecas, genes com função desconhecida, o que indica a possibilidade de identifi cação de novos genes que ainda não tenham sido relatados em estudos anteriores de resposta a estresses e defesa, em plantas. A técnica SSH é efi ciente em identifi car genes de resistência, ativados pelo ácido salicílico e pela infecção com Fusarium oxysporum f. sp. lycopersici. A aplicação dessa técnica não apenas possibilita isolar seqüências diferencialmente expressas, a baixo custo, como também permite a identifi cação de novas seqüências, em tomate, a partir de um
número relativamente pequeno de seqüências.

Palavras-chave


Lycopersicon esculentum; bibliotecas de cDNA; DNA complementar; expressão gênica; ácido salicílico; hibridização subtrativa por supressão

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461