Avaliação de genótipos de pimentão no período de inverno, em Araguari, MG

José Ricardo Peixoto, Rogério de Sousa Ramos, Brasil Faria Júnior, Célio Marcos da Silva, Bruno de Angelis

Resumo


Desenvolveu-se um trabalho de pesquisa na Fazenda Jordão em Araguari, MG (18o38'30" de latitude sul e 48o11'18" de longitude oeste de Greenwich), na época do inverno, com o objetivo de verificar o desempenho agronômico de genótipos de pimentão. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos casualizados, com 17 tratamentos (17 genótipos) e quatro repetições. A parcela experimental foi constituída por uma fileira com 30 plantas, no espaçamento de 1,00 x 0,45 m. Efetuou-se um total de 10 colheitas sendo a primeira feita aos 28 de julho de 1996 (77 dias após o transplante) e a última em 9 de novembro de 1996. Vários híbridos F1 apresentaram boas caracterís-ticas agronômicas, podendo ser plantadas na região, no período de inverno, principalmente Lygia, Magali e Magali R, Acuário, Luis, Fresco e Sambor. O híbrido Lygia F1 destacou-se em produtividade, seguido por Acuário F1 e Magali F1, e também em número total de frutos, porém apresentou formato de fruto próximo ao quadrado e classificação inferior de frutos extra AA. Os híbridos Acuário F1, Sambor F1, Fresco (BS 50-30) F1, Luis F1 e All Big F1 se destacaram em frutos tipo extra AA, enquanto Magna Super, Nacional AG-506, Itaipu e Hércules AG-672, apresentaram maior número de frutos tipo extra A.

Palavras-chave


<i>Capsicum annuum</i>; cultivares

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461