Influência do grau de umidade e tipo de embalagem na conservação de sementes de Brachiaria brizantha

Conceição Aparecida Previero, Luiz Fernandes Razera, Doris Groth

Resumo


Sementes de Brachiaria brizantha cultivar Marandu, foram escarificadas ou não com ácido sulfúrico concentrado e embaladas em sacos de papel multifoliado e de polietileno, com conteúdos de água inicialmente ajustados para 6-7%, 10-11% e 13-14% e armazenadas por 18 meses em condições naturais de Campinas, SP. As análises do grau de umidade, germinação e vigor foram procedidas bimestralmente. O delineamento utilizado foi o inteiramente casualizado, num esquema fatorial 2 x 2 x 3 x 7. Os resultados mostraram que: a) as embalagens de polietileno mantiveram praticamente inalterados os graus de umidade iniciais das sementes ao longo do período experimental enquanto os graus de umidade das sementes embaladas em papel multifoliado atingem o equilíbrio com a umidade relativa do ar no armazém; b) a embalagem de polietileno foi prejudicial à qualidade das sementes com grau de umidade inicial de 13-14%; c) as sementes com grau de umidade inicial de 10-11% e 6-7% apresentaram boa armazenabilidade; d) os maiores índices de germinação no armazenamento foram obtidos com as sementes secas a 6-7% de água, principalmente quando acondicionadas em sacos de polietileno; e) as sementes escarificadas apresentaram, de maneira consistente, maior perda de viabilidade em todos os tratamentos estudados.


Palavras-chave


armazenamento

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461