Avaliação simultânea para tolerância ao alumínio e sensibilidade ao ácido giberélico em trigo hexaplóide

Ana Lúcia Cunha Dornelles, Fernando Irajá Félix de Carvalho, Luiz Carlos Federizzi, Maria Jane Cruz de Melo Sereno, Adriane Amaral, Andréa Mittelmann

Resumo


Seis genótipos de trigo hexaplóide, de comportamento conhecido em relação a sua reação a toxicidade do alumínio (Al3+) e sensibilidade ao ácido giberélico (AG3), foram submetidos a testes simultâneos em que foram utilizadas duas concentrações de Al3+ (zero e dez ppm) e três momentos de início da administração do AG3 (sem o uso de AG3, a partir do quinto dia de experimento e a partir do oitavo dia de experimento) em um fatorial 2 x 3. Os resultados mostraram que estes testes são viáveis, e não foi identificada interação entre os dois fatores testados que afetasse a resposta das plantas. Os genótipos responderam de forma mais adequada ao esperado nos tratamentos com dez ppm com Al3+ e com AG3 a partir do oitavo dia de experimento.

Palavras-chave


recrescimento de raiz; genes Rht; Triticum aestivum

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461