Efeito da idade fisiológica das batatas-sementes na iniciação da tuberização, na amido sintase e na acumulação de matéria seca

Daniel O. Caldiz, Gabriel Brocchi, Jorge Alaniz, Carmen Marchan

Resumo


A idade fisiológica dos tubérculos-sementes de batata-inglesa (Solanum tuberosum L.) influi em algumas características da cultura seguinte. Não há, quase, evidências referentes à influência da idade dos tubérculos-sementes sobre a iniciação da tuberização e sobre a acumulação do amido. Com o objetivo de estudar essa influência, inclusive sobre a distribuição da matéria seca, realizou-se este trabalho. Batatas-sementes fisiologicamente velhas provocaram rápida iniciação da tuberização na cultura seguinte. No começo da estação, as pontas dos estolhos destas plantas mostraram crescimento do amido-sintase e uma antecipada acumulação de amido. Durante o resto da estação, o amido-sintase nas pontas do estolho dos tubérculos provindos de sementesjovens foi maior do que a dos provindos de sementes velhas. A acumulação de matéria seca em folhas e estames não diferiu entre os tratamentos; e em tubérculos, foi maior nas plantas provenientes de batatas-sementes jovens. Estes resultados confirmam que as batatas-sementes fisiologicamente velhas antecipam a iniciação da tuberização e mostram que o padrão da atividade do antido-sintase, a acumulação de amido e a acumulação de matéria seca dependem da idade fisiológica das batatas-sementes.


Palavras-chave


<i>Solanum tuberosum</i> L.; pontas dos estolhos; acumulação de amido; distribução de matéria seca; amido-sintase

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461