Efeitos da interação genótipo x ambiente sobre a produtividade da soja no Estado do Paraná

Luis Fernando Alliprandini, José Francisco Ferraz de Toledo, Nelson Fonseca Jr., Leones Alves de Almeida, Romeu Afonso de Souza Kiihl

Resumo


Os efeitos do ambiente e suas interações com os genótipos de soja foram estudados a partir dos ensaios intermediários e finais de linhagens do Estado do Paraná, nos anos de 1987/88 e 1989/90. Os dados incluem genótipos dos grupos de maturação precoce (L), semiprecoce (M) e médio (N), que representam, conjuntamente, mais de 90% da área cultivada com soja no Paraná. A produtividade da soja foi altamente influenciada pelo ambiente, caracterizado pela interação dos efeitos de ano e local. Os efeitos principais de ano e de local foram não-significativos. As interações de ano x local, significantes em todos os grupos de maturação, indicaram que os testes de avaliação de linhagens de soja do Paraná devem ser realizados em diversos ambientes. As análises indicaram que é possível abreviar para um ano o período de teste dos genótipos, desde que vários locais sejam incluídos na avaliação. Os locais Ponta Grossa, Palotina, Congoinhas, Guarapuava e Castro avaliaram com consistência os genótipos ao longo dos anos. Cascavel, Ponta Grossa e Sertaneja discriminaram melhor entre genótipos. A inclusão desses locais nos testes aumenta a confiabilidade das avaliações.


Palavras-chave


avaliação de linhagens; teste de produtividade; variabilidade ambiental; efeitos de ano; efeitos de local

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461