Caracterização e análise fenética de isolados geográficos de Beauveria spp.

Danile Ricardo Sosa Gómez, Sérgio Batista Alves, Myrian Tigano Milani

Resumo


 O objetivo deste trabalho foi caracterizar nove patótipos de Beauveria bassiana (Bals.) Vuill. a um patótipo de B. brongniartii (Sacc.) Petch, considerando produção de enzimas extracelulares (amilase, lipase a protease), taxa de crescimento em diferentes meios de cultura, dimensões dos conídios, conidiogênese in vitro, variação de isoenzimas e virulência para Diatraea saccharalis. Diferenças biológicas entre os isolados foram encontradas. Somente um isolado apresentou atividade lipolítica. Dois isolados apresentaram crescimento limitado em três níveis de temperatura. Os valores de TIM variaram de 5,9 dias para o isolado mais virulento, e 8 dias ou mais para os isolados menos virulentos. Outra característica utilizada para diferenciar isolados foram os padrões eletroforéticos dos sistemas de a e b esterases. Foram calculados coeficientes de similaridade, que permitiram a elaboração de fenogramas, com a finalidade de estimar a distância fenética entre os patótipos. Os isolados provenientes de uma mesma região tiveram altos coeficientes de similaridade, sugerindo variações entre as populações geográficas.
Termos para indexação: patótipos, controle microbiano, virulência, isoenzimas, fungos entomopatogênicos.


Palavras-chave


patótipos; controle microbiano; virulência; isoenzimas; fungos entomopatogênicos

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461