Progresso do melhoramento genético do feijoeiro nas décadas de setenta e oitenta nas regiões sul e Alto Paranaíba em Minas Gerais

Ângela de Fatima Barbosa Abreu, Magno Antônio Patto Ramalho, João Bosco dos Santos, Leandro Alves Martins

Resumo


Visando estimar o progresso genético obtido no programa de melhoramento do feijoeiro, conduzido nas regiões mineiras sul e Alto Paranaíba, nas décadas de setenta e oitenta, foi feito um levantamento dos resultados obtidos nos experimentos de avaliação de cultivares nas referidas regiões. Foram utilizados dois métodos: com o primeiro, estimaram-se os coeficientes de regressão linear ao longo dos anos, de todas as cultivares e apenas da testemunha. A diferença entre esses b's forneceu a estimativa do progresso genético médio anual. O segundo método foi o de Vencovsky et al. (1986) modificado por Rodrigues (1990). Os resultados obtidos pelos dois métodos foram semelhantes, e mostraram que o progresso genético médio anual, no período, foi de 1,9%, o qual é comparável ao que tem sido obtido em programas de melhoramento com outras culturas no Brasil.


Palavras-chave


<i>Phaseolus vulgaris</i>; cultivares; progresso genético

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461