Controle à podridão-amarga e à podridão-da-uva-madura na Região de Andradas, MG

Enilson Abrahão, Murillo A. Regina, Sára M. Chalfoun de Souza, Ângelo A. Alvarenga

Resumo


Durante o período de 1984 a 1988, foram testados, em plantas da cultivar de videira Jacquez, no município de Andradas, MG, oito tratamentos objetivando o controle à podridão-amarga e à podridão-da-uva-madura. O melhor controle às doenças foi proporcionado pelo tratamento com o uso do produto benomyl. O tratamento tiofanato metílico + clorothalonil foi o que menor efeito apresentou na contenção das duas doenças enquanto que a prática cultural da desfolha proporcionou menor incidência delas em todos os tratamentos. A infestação variou nos quatro anos de condução do trabalho, reduzindo-se significativamente nos dois últimos.


Palavras-chave


fungicidas; fungos; desfolha; videira; podridões

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461