Efeito da disponibilidade de forragem e da adubação em pastagem de capim-angola sobre a produção de leite

Maurílio José Alvim, Miguel Simão Neto, Geraldo Alvim Dusi

Resumo


O trabalho foi conduzido no Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Leite, da EMBRAPA, em Coronel Pacheco, MG, durante dois períodos de seca e dois períodos de chuvas. Avaliou-se a produção de leite de vacas mantidas em pastagens de capim-angola (Brachiaria mutica (Forsk) Stapf), sujeitas às seguintes condições: Tl = disponibilidades de MS próximo de 1.700 kg/ha, na seca, e de 2.000 kg/ha nas chuvas, sem adubação da pastagem; T2 = as mesmas disponibilidades de MS de Tl, com a pastagem sendo adubada anualmente no período das chuvas, com 125 kg/ha de N, 75 kg/ha de P2O5 e 80 kg/ha de K2O; e T3 = disponibilidades de MS próximas de 2.600 kg/ha na seca e de 2.900 kg/ha nas chuvas, com a pastagem recebendo a mesma adubação realizada em T2. Na seca, foram registradas produções de 6,1; 8,3 e 8,2 kg de leite/vaca/dia. Estas produções associadas às lotações nas pastagens de 1,57; 1,85 e 1,50 vacas/ha, corresponderam a 9,6; 15,4 e 12,3 kg de leite/ha/dia, respectivamente para Tl, T2 e T3. Nas chuvas, foram registradas produções de 7,2; 9,1 e 9,7 kg/vaca/dia, que, associadas às lotações nas pastagens de 1,6; 2,2 e 1,8 vacas/ha, corresponderam a 11,6; 21,1 e 17,5 kg de leite/ha/dia, respectivamente para Tl, T2 e T3.


Palavras-chave


fertilização; pastejo; lotação de pastagem; <i>Brachiaria mutica</i>; vacas em lactação; produção animal

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461