Um artigo de revisão sobre pragas florestais introduzidas no Brasil

Guilherme Schnell e Schühli, Susete Chiarello Penteado, Leonardo Rodrigues Barbosa, Wilson Reis Filho, Edson Tadeu Iede

Resumo


Atenção especial deve ser dada a plantações florestais para minimizar a probabilidade de introdução de pragas exóticas e, consequentemente, as perdas de produção. O objetivo deste artigo de revisão foi apresentar, sob uma perspectiva histórica, os principais insetos exóticos que ameaçam o setor florestal brasileiro. Portanto, para melhor descrever o contexto fitossanitário das pragas florestais introduzidas no Brasil, foram compiladas as principais informações sobre esses insetos. Espécies introduzidas e aquelas com risco de introdução foram listadas. Foram contabilizadas: 12 pragas exóticas introduzidas, relacionadas a eucaliptos, sem status quarentenário; 9 espécies relacionadas ao pinus, uma quarentenária; e 1 espécie relacionada à teca, quarentenária. Ao todo, foram abordados os problemas centrais para 57 espécies, acompanhados de projeções sobre risco atual e prioridades. Programas de controle biológico e seus respectivos agentes também foram citados. Para os plantios de eucaliptos, as espécies pertencentes aos gêneros Ophelimus e Leptocybe são prioritárias e devem ser enfatizadas. Quanto às espécies de pinus, as maiores preocupações são Bursaphelenchus xylophilus (transmitida por espécies de Monochamus), Rhyacionia frustrana e Dendroctonus frontalis. Um melhor gerenciamento de risco requer reforço de inspeções fitossanitárias e constante refinamento dos planos de contingência, cujas ações incluem monitoramento por amostragem visual, uso de plantas sentinelas e programas de melhoramento que objetivem a resistência a pragas.


Palavras-chave


pragas exóticas; pragas florestais; setor florestal; espécies invasoras; resistência a pragas; quarentenárias

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461