Variabilidade genética de acessos de cevada‑nua com base em dados moleculares e quantitativos

Ricardo Meneses Sayd, Renato Fernando Amabile, Fabio Gelape Faleiro, Graciele Bellon

Resumo


O objetivo deste trabalho foi caracterizar e quantificar a variabilidade genética, molecular e agronômica de genótipos de cevada‑nua, para a seleção de genitores e a identificação de genótipos adaptados ao sistema de produção irrigada no bioma Cerrado. Dezoito acessos de cevada‑nua foram avaliados e três acessos de grãos de cevada com casca serviram como referência. A caracterização baseou-se em 157 marcadores moleculares RAPD e dez características agronômicas. As matrizes de distância genética foram obtidas com base em marcadores moleculares e características quantitativas. Realizaram-se análises de agrupamento e dispersão gráfica dos acessos. A variabilidade genética, molecular e agronômica foi alta entre os acessos. Os acessos etíopes foram geneticamente mais similares, e os acessos brasileiros, geneticamente mais distantes. Quanto às características agronômicas, obtiveram-se dois agrupamentos mais consistentes, um com mais materiais dísticos e outro com os hexásticos. Os genótipos mais divergentes foram os dísticos CI 13453, CN Cerrado 5, CN Cerrado 1 e CN Cerrado 2. Os genótipos PI 356466, CN Cerrado 1, PI 370799 e CI 13453 apresentam características agronômicas de interesse e, como são distintos geneticamente, são indicados para cruzamentos em programas de melhoramento genético.

Palavras-chave


Hordeum vulgare; diversidade genética; marcador molecular; caracteres quantitativos

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461