Desenvolvimento de animais Canchim e Nelore em regime de pasto

Maurício Mello de Alencar, Luciano de Almeida Corrêa, Rodolfo Godoy, José Ladeira da Costa

Resumo


O presente trabalho teve o objetivo de avaliar o desenvolvimento de animais das raças Canchim e Nelore em regime de pasto. Foram utilizados 128 animais, 64 por ano, divididos em quatro grupos, por raça e sexo, e distribuídos igualmente em piquetes de capim-andropógon (A. gayanus Kunth) e piquetes de capim-andropógon consorciado com calopogônio (C. mucunoides Desc.), em dois anos de experimento. As variáveis estudadas foram os ganhos em peso médio diário (GPD) durante os períodos das águas (A1 e A2), da seca (S1) e total (T), e os pesos, ao final (PF) destes períodos. Os animais Canchim ganharam, em média, mais peso (P<0,01) durante A2 (0,874 x 0,762 kg/an/dia) e durante T (0,530 x 0,495 kg/an/dia) e apresentaram maior peso (P<0,01) ao final de todos os períodos (283 x 255 kg para A1; 294 kg x 269 kg para S1; e 459 kg x 413 kg para A2).


Palavras-chave


gado de corte; ganho em peso; pastagens.

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461