Doenças radiculares do trigo em Minas Gerais e Distrito Federal

J. A. Diehl, M. A. de Souza, A. P.M. da Rosa, J. M.V. de Andrade

Resumo


Este trabalho mostra a ocorrência da podridão comum de raízes de trigo (Triticum aestivum L.) em algumas regiões do Cerrado do Brasil Central, no Estado de Minas Gerais e no Distrito Federal. O principal organismo isolado das raízes infectadas foi o fungo Cochliobolus sativus. A incidência e a intensidade da podridão comum foram baixas nas lavouras de trigo não-irrigado de Minas Gerais, apesar do elevado número de esporos de C. sativus encontrados na maior parte delas. Nas lavouras de trigo irrigado do Distrito Federal, entretanto, populações menores desse organismo foram responsáveis por infecções mais elevadas. As maiores concentrações de esporos de C. sativus nos solos amostrados estavam localizadas na camada superficial, de 0-3 cm de profundidade.


Palavras-chave


Cochliobolus sativus; podridão comum de raízes; ocorrência

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461