Efeitos de alguns fatores de meio no intervalo entre partos de fêmeas Nelore

Hildo Áurio Viana, Paulo Roberto C. Ferreira

Resumo


Foram estudados os efeitos de alguns fatores ambientais em 6.593 intervalos entre panos, de matrizes da raça Nelore na região sudoeste de Goiás. Utilizou-se a análise de regressão múltipla, método passo-a-passo ("stepwise"). As variáveis que entraram no modelo inicial foram grau de sangue, sexo da cria, ano do parto anterior, mês do parto anterior e ordem do parto. Destas variáveis, apenas as três últimas permaneceram no modelo final, pela sua significância ao nível de 5% de probabilidade. A equação ajustada foi Ŷ = -390,82119 - 0,52908 Ø + 0,00899 Ø2 + 11,09659 A2 - 0,07557 A2 - 0,0609 M, onde Ø representa ordem de parição; A, o ano do parto anterior; e M, o mês do parto anterior. O intervalo entre partos médio do total de observações foi de 13,7 meses, com um desvio padrão da média igual a 0,056 meses e, um coeficiente de variação de 33%. O ano do parto anterior provocou efeito quadrático nos intervalos entre partos, enquanto que os efeitos do mês do parto anterior e o de ordem de parição foram lineares. O efeito de ano parece estar relacionado, em parte, com a disponibilidade de alimentos; o de mês, com o manejo reprodutivo; e o de ordem, principalmente com as condições fisiológicas, associadas à alimentação e ao manejo.


Palavras-chave


reprodução; manejo; efeitos de meio; parição

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461