Avaliação de clones de Lotus uliginosus Schkuhr., em blocos de policruzamento

Gilson F. Caroso, Nilton ., R. Paim, Ruben Markus

Resumo


Quarenta e dois clones de Lotus uliginosus Schkuhr., foram avaliados em blocos de policruzamento sob diferentes aspectos morfológicos, fisiológicos, quantitativos, qualitativos e fenológicos, no período de março de 1978 a maio de 1979, na Estação Experimental Agronômica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (E.E.A. UFRS), Guaíba, RS, Brasil. Neste trabalho foram avaliadas as seguintes variáveis: taxa de crescimento médio em diâmetro e em altura das plantas, diâmetro médio de enraizamento das plantas, início médio de florescimento, rendimento médio de sementes, rendimento médio total de matéria seca da rebrota após um período de estiagem, e percentagens de proteína bruta e digestibilidade "in vitro" da matéria seca. A análise da variância mostrou significância estatística (P<0,05) para a diferença entre clones em algumas observações realizadas. Correlações significativas foram encontradas entre algumas variáveis estudadas.

Palavras-chave


crescimento em diâmetro e altura; enraizamento; florescimento; proteína bruta e digestibilidade

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461