Controle biológico da plana daninha Solanum americanum Mill por coleópteros da família Meloidae

Dijalma Barbosa da Silva, Roberto T. Alves, Roberto C. Pereira

Resumo


Foi observado, em lavoura de feijão (Phaseolus vulgaris L.) irrigado, cultivado no período de inverno de 1986, no Centro de Pesquisa Agropecuária dos Cerrados (CPAC/EMBRAPA), Planaltina, DF, a presença de insetos da família Meloidae (Fig. 1) alimentando-se da Solanácea Solanum americanum Mill., conhecida comumente como maria-pretinha, erva-moura ou pimenta-de-galinha. Os insetos apareciam em reboleiras, nos focos da planta daninha, que se distribuíam principalmente ao longo da linha de plantio do feijoeiro. Os insetos, ao iniciarem o ataque, seguiam em linha consumindo todas as folhas das plantas (Fig. 2). Quando estas eram totalmente consumidas, os insetos atacavam levemente o feijoeiro, logo se dispersando para outros focos. Não foi aplicado nenhum inseticida, e os insetos estiveram presentes na lavoura enquanto havia focos de plantas daninhas. Após a constatação da preferência alimentar do meloídeo por S. americanum Mill., percebe-se que o inseto apresenta potencial para ser utilizado no controle biológico de plantas daninhas.

 


Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461