Efeito de micronutrientes no chochamento do trigo de sequeiro e nas culturas de soja e arroz, em Latossolo Vermelho-Amarelo

Ady Raul da Silva, José Maria Vilela de Andrade

Resumo


Em Latossolo Vermelho-Amarelo Argiloso, solo típico de chapadão, virgem, foi estudado, durante três anos, o efeito de micronutrientes no chochamento do trigo (esterilidade masculina) e seu efeito residual na produção de trigo, arroz e soja. O boro é o micronutriente responsável pelo controle do chochamento no trigo, como já foi determinado para solos de várzeas. A dose de boro de 0,65 kg/ha no bórax foi eficiente em seu efeito residual no segundo ano, e a dose de 1,3 kg/ha no FTE BR 12 também foi eficiente no terceiro ano após a aplicação. O boro não prejudicou a produção de arroz e soja, exceto quando aplicado no sulco em dose oito vezes acima do indicado. O zinco nos influiu na produção de trigo, mas o seu efeito residual aumentou o rendimento do arroz e soja. A relação custo/beneficio, que era de 11,1 kg/ha de trigo para 1 de bórax e de 72,7 kg/ha de trigo para 1 de FTE BR 12, passou a ser três vezes menor em virtude de o efeito residual do boro durar pelo menos por três anos.


Palavras-chave


efeitos residuais; esterilidade masculina; bórax; boto; zinco

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461