Competição de cultivares de cana-de-açúcar em Santa Maria, RS

Thelmo Dariva, Maria Isabel da Silva, Enio Marchezan

Resumo


Foi conduzido um experimento de campo na Universidade Federal de Santa Maria, RS, de 1975 a 1983, com o objetivo de verificar a adaptação de cultivares de cana-de-açúcar na região. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições. A colheita da cana, realizada aos 20 meses após o plantio, produziu 161,3 t/ha, e a primeira colheita da soca foi de 122,1 t/ha. A segunda colheita da soca apresentou um decréscimo de 42% em relação à primeira colheita da planta. Destacaram-se as cultivares IAC 50-134, IAC 54-439, CB 56-126, IAC 51-205, CB 46-52, Co 798, CB 40-69 e CB 52-5, com rendimentos agrícolas variando, respectivamente, de 141 a 129 t/ha, na média das três primeiras colheitas. Quanto ao teor de sacarose, medido em grau brix, dentre essas cultivares destacaram-se IAC 51-205, CB 46-52, CB 41-76, CB 56-126 e CD 40-69, com valores variando de 20,8 a 19,9.


Palavras-chave


grau brix; colmos

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461