Efeitos de materiais orgânicos e vermiculita sobre a sequência feijão-milho-feijão

Antonio Carlos de Souza Abboud, Fernando Faria Duque

Resumo


Estudou-se o efeito da aplicação ao solo dos seguintes materiais na cultura do feijão (Phaseolus vulgaris L.), em casa-de-vegetação, e na sequência cultural feijão-milho-feijão no campo: massa verde de mucuna-preta (Stizolobium aterrimum Pip. & Trac.) e de crotalária (C. juncea L.), bagaço de cana, casca de arroz, composto de lixo urbano e vermiculita. Na casa-de-vegetação avaliou-se o efeito dos materiais e de estirpes de Rhizobium na fixação biológica de nitrogénio no feijoeiro. A mucuna proporcionou nodulação mais eficiente e maior acúmulo de N e matéria seca nas plantas de feijão. No campo, no primeiro plantio, a aplicação de materiais com altos teores de N não inibiu a nodulação e atividade da hidrogenasse, como ocorreu com a adubação com 50 kg N/ha. Para a produção de feijão, a incorporação dos materiais foi superior à aplicação em cobertura; maior produção foi obtida com a inoculação do feijão e incorporação de crotalária. No segundo plantio houve efeito residual da mucuna e da adubação nitrogenada na produção de milho. No terceiro plantio não houve efeito residual dos materiais na produção de feijão.


Palavras-chave


adubos orgânicos; Phaseolus vulgaris; Zea mays; práticas culturais; fixação biológica de nitrogénio; Srizolobiupn aterrimum; Crotalaria juncea; bagaço de cana; casca de arroz; composto de lixo

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461