Métodos para o diagnóstico da deficiência de fósforo em ruminantes

Dorinha Miriam S. S. Vitti, Adibe Luiz Abdalla, José Cleto da Silva Filho, Edmilson José Ambrosano

Resumo


No presente experimento foram comparados níveis de fósforo inorgânico nas fezes, plasma, saliva e líquido do rúmen e a incorporação de 32P pelos eritrócitos, para diagnóstico da deficiência de fósforo em bovinos. Foram utilizados dez animais, mantidos em dieta semipurificada, que receberam, ou não, suplementação de fósforo. Os resultados mostraram que a deficiência de fósforo deprimiu o nível desse elemento no plasma, rúmen e fezes. Dada a grande variação nos resultados do fósforo na saliva, esse parâmetro mostrou não ser adequado para indicar o "status" desse elemento. A incorporação de 32P pelos eritrócitos não apresentou diferenças significativas entre os dois grupos.

 


Palavras-chave


nutrição mineral; fósforo-32; deficiência subclínica

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461