Efeito do alumínio sobre a absorção e translocação de fósforo e sobre a composição mineral de duas cultivares de trigo

Vera Maria Carvalho Alves, Roberto Ferreira de Novais, Júlio César Lima Neves, Nairam Félix de Barros

Resumo


Estudou-se o efeito do alumínio sobre a cinética de absorção e translocação de fósforo e sobre a composição mineral de duas cultivares de trigo, uma sensível (Anahuac) e outra tolerante (BH-1146) ao alumínio em solução nutritiva (pH 4,5). Foram utilizados os níveis de zero e 0,5 mg.l-1 de alumínio. O alumínio foi aplicado durante o período de crescimento das plantas, sendo retirado apenas durante os ensaios de cinética de absorção e de translocação de fósforo. O alumínio reduziu a Vmax das duas cultivares, sendo esta redução maior para a BH-1146 que para a Anahuac. Também reduziu ligeiramente o Km da BH-1146, embora tenha aumentado o da Anahuac. A translocação de fósforo nas cultivares foi influenciada diferencialmente pelo alumínio, havendo redução na da Anahuac e aumento na da BH-1146. Observou-se diferença entre as cultivares quanto aos teores de Ca, Zn e Mn na parte aérea, e de P, Mg e Fe, no sistema radicular, na presença de alumínio. De maneira geral, a cultivar BH-1146 apresentou maiores concentrações de cátions que a Anahuac, na presença ou não do alumínio na solução. A tolerância diferencial ao alumínio entre as duas cultivares parece estar relacionada com a absorção e translocação não apenas de fósforo, mas também de outros nutrientes.

 


Palavras-chave


cinética de absorção

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461