Efeito da suplementação alimentar sobre o comportamento reprodutivo de tourinhos Canchim. I. Características puberais

Rogério Chaves Vieira, Maurício Melo de Alencar, Sérgio Novita Esteves

Resumo


O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito da suplementação alimentar durante o período seco sobre a puberdade de tourinhos Canchim. Utilizaram-se 30 bezerros recém-desmamados, distribuídos em três lotes, em pastos de braquiária, constituindo os seguintes tratamentos: T1 – testemunha em regime de pasto; T2 - pasto mais 1,0 kg de ração/animal/dia; e T3 - pasto mais 2,0 kg de  ração/animal/dia. No segundo período seco (ano 2) as quantidades de ração de T2 e T3 foram ajustadas para 2,0 e 4,0 kg/animal/dia. Os resultados indicaram que, apesar de os animais suplementados ganharem mais peso durante a seca, não houve efeitos significativos de tratamento sobre qualquer das características estudadas. As médias de peso e idade obtidas para todos os tratamentos em conjunto foram: 210,6 kg e 383,4 dias para o aparecimento do primeiro espermatozóide; 216,9 kg e 410,3 dias para o primeiro espermatozóide móvel; 233,9 kg e 462,0 dias para a emergência da puberdade; e 278,9 kg e 615,2 dias para a separação pênis-prepúcio. As médias obtidas para a circunferência escrotal foram 21,37 cm; 22,21 cm; 24,22 cm e 27,00 cm, respectivamente aos 383,4; 410,3; 462,0 e 615,2 dias de idade.

 


Palavras-chave


puberdade; circunferência escrotal; alimentação

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461