Manipulação do restolho da comunidade herbácea de uma caatinga raleada no sertão central do Ceará

Sandra Mara Araújo Crispim, João Ambrósio de Araújo Filho, Raul Gomes Serafim

Resumo


A pesquisa teve por objetivo avaliar os efeitos dos percentuais crescentes da remoção da fitomassa sobre os parâmetros fitossociológicos e produtivos do estrato herbáceo, de uma caatinga raleada, em um pianossolo solódico. Os tratamentos aplicados ao fim da estação das chuvas constaram de percentuais de retirada da fitomassa do estrato herbáceo, isto é: 100, 75, 50, 25, 0 e testemunha (sem corte). A cobertura do solo não foi afetada pelos tratamentos, mas variou no período experimental (P<0,01). A frequência de Aristida setfolia H.B.K. não mudou com o tempo nem sob o efeito dos tratamentos, enquanto que as de Diodia sp. e Jaquemontia ferruginea Choisy aumentaram de 1977 a 1980, sem contudo, serem afetadas pelos percentuais de remoção testados. A ocorrência de Stylosanthes humilis H.BK. aumentou, enquanto a de Hyptis suaveolens diminuiu com o incremento gradual da remoção de fitomassa. A disponibilidade de fitomassa total decresceu no período experimental, e apresentou diferenças significativas (P<0,O1) entre os tratamentos. Os percentuais de remoção, o ano e a interação remoção x ano afetaram (P<0,01) a acumulação de restolho.


Palavras-chave


cobertura morta; freqüência; remoção de fitomassa

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461