Comparação entre três procedimentos na seleção de plantas individuais em Lotus spp

João Carlos Pinto Oliveira, Nilton Rodrigues Paim, Luis Alberto Fries

Resumo


Uma população de duzentas plantas de Lotus corniculatus L. e duzentas de Lotus uliginosus Schkuhr. foi observada em área da EEA da UFRGS, em Guaíba, RS, como objetivo de selecionar plantas para um futuro teste de progênie e comparar três procedimentos para a seleção das mesmas. Foram avaliadas as taxas de crescimento médio em altura, diâmetro e perímetro, produção de matéria seca, produção de sementes e início do florescimento. O método de seleção empregado foi o massal estratificado. O primeiro procedimento utilizado para indicar que plantas seriam escolhidas, foi a escolha empírica das plantas, baseada nos dados obtidos. O segundo procedimento usado baseou-se em índices de seleção. O terceiro, também por índices de seleção, fazendo-se uma correção nos dados das taxas de crescimento e produção de matéria seca, usando-se os componentes principais da variãncia, depois calculando- se os índices de seleção. Os resultados obtidos nos três procedimentos foram muito aproximados, mas o segundo e o terceiro procedimentos permitiram discriminar melhor as plantas com desempenho muito semelhante


Palavras-chave


Lotus corniculatus; Lotus uliginosus; índice de seleção; componentes da variância.

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461