Vida útil e avaliação sensorial de quenelle de tilápia durante o armazenamento em freezer

Maria Fernanda Calil Angelini, Juliana Antunes Galvão, Amanda de Freitas Vieira, Luciana Kimie Savay-da-Silva, Ligianne Din Shirahigue, Ingridy Simone Ribeiro Cabral, Regina Célia Della Modesta, Cláudio Rosa Gallo, Marília Oetterer

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a vida útil e os atributos sensoriais da quenelle de tilápia. Os tratamentos consistiram de dois tipos de embalagens – polietileno com zíper pouch (QA) e polietileno com caixa de papel cartão encerado (QB) – armazenadas a -18°C por 120 dias. A quenelle de tilápia apresentou-se estável quanto aos parâmetros estabelecidos pela legislação brasileira. As médias dos atributos avaliados nas diferentes embalagens, durante o armazenamento, não apresentaram diferenças significativas, exceto quanto ao sabor de “geladeira”. No entanto, durante o período de armazenamento, houve diferença significativa quanto aos atributos sensoriais, como “aparência úmida”, “aroma de peixe” e “aroma do produto”, e sabores não naturais de “barro” e “geladeira”. A manutenção da qualidade do produto quanto aos atributos sensoriais, durante o armazenamento, mostra que a quenelle de tilápia é um produto de conveniência e contribui para o aumento do consumo de pescado.


Palavras-chave


produtos de conveniência; fast food; pescado; carne mecanicamente separada; polpa de pescado

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461