Abordagem bayesiana para avaliação da adaptabilidade e estabilidade de genótipos de alfafa

Moysés Nascimento, Fabyano Fonseca Silva, Thelma Sáfadi, Ana Carolina Mota Campana Nascimento, Reinaldo de Paula Ferreira, Cosme Damião Cruz

Resumo


O objetivo deste trabalho foi propor uma abordagem bayesiana do método de Eberhart & Russell para avaliar a adaptabilidade e da estabilidade fenotípica de genótipos de alfafa (Medicago sativa), bem como avaliar a eficiência da utilização de distribuições a priori informativas e pouco informativas. Foram utilizados dados de um experimento em blocos ao acaso, no qual se avaliou a produção de massa de matéria seca de 92 genótipos. A metodologia bayesiana proposta foi implementada no programa livre R por meio da função MCMCregress do pacote MCMCpack. Para representar as distribuições a priori pouco informativas, utilizaram‑se distribuições de probabilidade com grande variância; e, para representar distribuições a priori informativas, adotou‑se o conceito de meta‑análise, que se caracteriza pela utilização de informações provenientes de trabalhos anteriores. A comparação entre as distribuições a priori foi realizada por meio do fator de Bayes, com a função BayesFactor do pacote MCMCpack, que indicou a priori informativa como a mais adequada nas condições deste estudo.


Palavras-chave


Medicago sativa; fator de Bayes; priori informativa; interação genótipo x ambiente; MCMC

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461