Análise multivariada de atributos nutricionais associados ao "bitter pit" em maçãs 'Gala'

Cassandro Vidal Talamini do Amarante, Daniela Vieira Chaves, Paulo Roberto Ernani

Resumo


O objetivo deste trabalho foi identificar atributos nutricionais, quantificados na polpa e na casca dos frutos, que melhor discriminam quanto à severidade de "bitter pit" em maçãs 'Gala'. Depois de quatro meses de armazenamento em atmosfera normal (0–1°C; 90–95% UR), os frutos foram separados em quatro lotes, de acordo com a severidade de incidência de "bitter pit": nula (nenhuma lesão por fruto), baixa (1–2 lesões por fruto), moderada (3–4 lesões por fruto) e alta (5–13 lesões por fruto). Foram determinados os teores de Ca, Mg, K e N na casca e na polpa em frutos individuais (doze frutos de cada lote). A análise univariada mostrou que os frutos com sintomas de "bitter pit" apresentaram menor teor de Ca na casca e na polpa, maior teor de K na casca e maiores valores das relações K/Ca, Mg/Ca, N/Ca, (K+Mg)/Ca e (K+Mg+N)/Ca, tanto na casca como na polpa. Todavia, quando todos os atributos nutricionais avaliados na casca e na polpa foram submetidos à análise canônica discriminante (análise multivariada), a melhor discriminação entre frutos sem "bitter pit" e frutos com severidade de incidência de "bitter pit" de baixa a alta é obtida com a relação K/Ca na casca, seguido, em menor grau, pelas relações Mg/Ca e N/Ca na polpa.

Palavras-chave


Malus domestica; nutrição mineral; análise canônica discriminante; distúrbio fisiológico; qualidade pós-colheita

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461