Produtividade de feijão no sistema plantio direto com aplicação de calcário e zinco

Nand Kumar Fageria, Luís Fernando Stone

Resumo


A acidez dos solos de cerrado é um dos fatores mais limitantes na produtividade das culturas, e a deficiência de micronutrientes desses solos está relacionada com o aumento do pH. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação de calcário e Zn na produtividade do feijão, em Latossolo Vermelho distrófico típico. O experimento foi realizado no campo durante três anos consecutivos. As doses de calcário aplicadas foram 0, 12 e 24 Mg ha-1 e de Zn, 0, 5, 10, 20, 40 e 80 kg ha-1. Houve aumento significativo na produtividade do feijão com a aplicação de calcário, porém não houve resposta à aplicação de zinco. Foram estabelecidos valores adequados de algumas propriedades químicas do solo para a cultura do feijoeiro. Considerando a média de duas profundidades (0–10 e 10–20 cm), estes valores foram: pH 6,6; Ca, 4,0 cmolc kg-1; Mg, 1,2 cmolc kg-1; H+Al, 2,4 cmolc kg-1; saturação por acidez, 33,9%; CTC, 7,9 cmolc kg-1; saturação por bases, 69,3%, saturação por Ca, 46,8%; saturação por Mg, 15,3%; saturação por K, 4,2%; relação Ca/Mg, 4,6; relação Ca/K, 19,1 e relação Mg/K, 6,7.

Palavras-chave


Phaseolus vulgaris; grão; rendimento; propriedade química do solo

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461