Variabilidade genética de fitoplasma e espiroplasma isolados de plantas de milho no Brasil

Eliane Aparecida Gomes, Sílvia Neto Jardim, Claudia Teixeira Guimarães, Isabel Regina Prazeres de Souza, Elizabeth de Oliveira

Resumo


O objetivo deste trabalho foi caracterizar a variabilidade genética de isolados de fitoplasma e de Spiroplasma kunkelii obtidos de plantas de milho, apresentando sintomas de enfezamento, coletados em diferentes regiões do Brasil. Um fragmento de 500 pares de bases (pb) do gene que codifica a espiralina de S. kunkelii foi amplificado e um produto de amplificação de 1.200 pb foi gerado a partir do gene 16S rDNA de fitoplasma. As seqüências parciais do gene da espiralina mostraram similaridade de 98% entre os isolados de S. kunkelii analisados. Essas seqüências foram comparadas com a seqüência do gene da espiralina de outras espécies de Spiroplasma depositadas no GenBank, resultando em similaridade variável entre 76,9% e 88,1%. As seqüências do gene 16S rDNA dos isolados de fitoplasma foram completamente similares entre todos os isolados brasileiros e apresentaram até 98% de similaridade com seqüências do mesmo gene de outros fitoplasmas já publicadas. Uma variabilidade genética muito estreita foi detectada para esses genes entre os isolados de fitoplasma e Spiroplasma analisados. No entanto, outras regiões genômicas, que apresentem um maior polimorfismo precisam ser identificadas para melhor avaliar a diversidade genética dentro da população desses microrganismos.

Palavras-chave


Zea mays; microrganismo; espiralina; molicute; polimorfismo genético; seqüência genética

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461