Análise da diversidade genética entre acessos de banco ativo de germoplasma de algodão

Luiz Paulo de Carvalho, Marcelo Abreu Lanza, Joel Fallieri, José Wellingthon dos Santos

Resumo


O conhecimento da diversidade genética entre um grupo de genitores é importante no melhoramento, sobretudo na identificação de combinações híbridas de maior heterozigose e maior efeito heterótico e, portanto, na recuperação de genótipos superiores nas gerações segregantes. Os métodos preditivos de diversidade têm sido muito utilizados porque dispensam a obtenção de combinações híbridas entre os genitores e normalmente usam uma medida de similaridade para avaliar a diversidade entre eles. Foram avaliados 221 acessos do banco ativo de germoplasma de algodão da Epamig, por meio da distância euclidiana média e posterior agrupamento dos indivíduos, de modo a permitir escolhas mais apropriadas de genitores para cruzamentos. Para isso foram consideradas 11 características morfológicas e de fibra. Foi detectada grande diversidade genética entre os 221 acessos reunidos em dez grupos distintos. A maior distância euclidiana (4,36) ocorreu entre os acessos S 8186 e T-295-1-1 e a menor (0,25) entre os acessos TX CACES 1-81 e TX CDPS 177.

Palavras-chave


Gossypium; variação genética; genitores; hibridação; método de melhoramento

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461