Reação às doenças e produtividade de onze cultivares de maracujá-azedo cultivadas sem agrotóxicos

Nilton Tadeu Vilela Junqueira, José Ribamar Nazareno dos Anjos, Ana Paula de Oliveira Silva, Renata da Costa Chaves, Antônio Carlos Gomes

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a reação às doenças e a produtividade de 11 cultivares de maracujazeiro, nos primeiros seis meses de colheita no Distrito Federal. Para evitar herbicidas, utilizou-se sobre o tubo gotejador, uma lona de polietileno preta com 1,20 m em largura ao longo das fileiras. O híbrido EC-RFM (Passiflora edulis f. flavicarpa x P. edulis) foi o mais produtivo e o menos suscetível à virose do endurecimento do fruto (PWV), à antracnose e à septoriose do fruto. Todas as cultivares foram suscetíveis à verrugose e à bacteriose no fruto. Houve pouca variabilidade entre as cultivares para resistência às doenças.

Palavras-chave


Passiflora edulis; bacteriose; virose; antracnose; genótipos; resistência às doenças

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461