Alterações bioquímicas associadas ao condicionamento osmótico de sementes de soja durante o armazenamento

Alessandro de Lucca e Braccini, Múcio Silva Reis, Maurílio Alves Moreira, Carlos Sigueyuki Sediyama, Carlos Alberto Scapim

Resumo


Foi conduzido um trabalho com o objetivo de avaliar as alterações bioquímicas associadas ao condicionamento osmótico das sementes de soja (Glycine max (L.) Merrill). Foram utilizadas amostras de sementes das cultivares UFV 10, IAC 8 e Doko RC, colhidas no estádio R8 e submetidas a diferentes tratamentos de embebição. As avaliações bioquímicas foram realizadas no decorrer do armazenamento das sementes, após estas serem submetidas ao processo de hidratação-desidratação. Inicialmente, as sementes de soja foram submetidas ao tratamento de condicionamento osmótico em solução de polietileno glicol (PEG 6000), com potencial osmótico de -0,8 MPa, a uma temperatura de 20oC, por quatro dias. Posteriormente, as sementes osmocondicionadas foram novamente desidratadas, até atingirem o conteúdo de umidade inicial (10 a 11%), e armazenadas em condições normais do ambiente de laboratório, pelos períodos de três e seis meses. As sementes submetidas ao processo de hidratação-desidratação foram comparadas com duas testemunhas: sementes não-tratadas (secas) e sementes embebidas em água. Após cada período de armazenamento, as sementes foram avaliadas quanto às modificações nos teores de proteínas, lipídios, hexanal e ácidos graxos. Os resultados obtidos permitiram concluir que o armazenamento das sementes sob condições naturais de laboratório causou decréscimos nos teores de proteínas, lipídios e ácidos graxos poliinsaturados e promoveu aumento de hexanal. Os períodos de armazenamento reduziram os níveis de proteínas em todos os tratamentos; contudo, o tratamento das sementes com PEG 6000 foi o que apresentou os menores decréscimos nos seus teores. O armazenamento das sementes aumentou a produção de hexanal, porém os níveis foram menores com o condicionamento osmótico, em comparação com os demais tratamentos.

Palavras-chave


polietileno glicol; proteínas; lipídios; hexanal

Texto completo:

PDF (English)


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461