Alternativas na seleção de plantas de feijoeiro com porte ereto e grão tipo Carioca

Magno Antonio Patto Ramalho, Luis Henrique Pirola, Ângela de Fátima Barbosa Abreu

Resumo


No feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.), o porte ereto da planta e os grãos cor creme-clara com estrias marrons _ tipo Carioca _ são caracteres importantes na adoção das novas cultivares pelos agricultores. Como tem havido dificuldade em associar essas duas características, foram obtidas populações segregantes com diferentes freqüências alélicas visando verificar qual a estratégia que deve ser utilizada com o intuito de melhorar a eficiência na seleção dessas características. Utilizaram-se as linhagens H-4 e H-15, que possuem bom tipo de grão, e a Carioca MG, que se destaca pelo porte ereto. Foram obtidas três populações segregantes para cada cruzamento, contendo 50% dos alelos da Carioca MG (geração F2), 25% (F1 do retrocruzamento com H-4 ou H-15) e 75% (F1 do retrocruzamento com Carioca MG). Trinta e duas famílias de cada uma dessas frequências alélicas foram avaliadas em relação a esses dois caracteres, por meio de uma escala de notas, em dois anos: 1995 e 1996. Nos dois cruzamentos a maior frequência de famílias com porte ereto e grãos do tipo aceitável foi obtida na população com 25% dos alelos da Carioca MG, indicando que a melhor estratégia é retrocruzar com a cultivar que apresenta melhor tipo de grão. Contudo, mesmo nessa condição constatou-se que a frequência de plantas com os fenótipos desejáveis foi muito baixa.


Palavras-chave


Phaseolus vulgaris; arquitetura da planta; tipo de grão; retrocruzamento

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461