Análise de risco de sistemas de rotação de culturas com cevada em plantio direto, num período de dez anos

Henrique Pereira dos Santos, Ivo Ambrosi, Itacir Sandini

Resumo


De 1984 a 1993 foram avaliados, em Guarapuava, PR, os efeitos de quatro sistemas de rotação de culturas com cevada (Hordeum vulgare L.). Procedeu-se neste trabalho à análise de risco dos sistemas: I (cevada/soja); II (cevada/soja e ervilhaca/milho, de 1984 a 1989, e cevada/soja e aveia branca/soja, de 1990 a 1993); III (cevada/soja, linho/soja e ervilhaca/milho, de 1984 a 1989, e cevada/soja, ervilhaca/milho e aveia branca/soja, de 1990 a 1993); e IV (cevada/soja, linho/soja, ervilhaca/milho e aveia branca/soja). O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso, com quatro repetições e parcelas com área útil de 60 m2. Foram aplicados dois tipos de análise na receita líquida dos sistemas: análise da média da variância e análise de risco (distribuição de probabilidade acumulada e dominância estocástica). Pela análise da variância, não foi possível identificar o melhor sistema estudado. Pelo método da dominância estocástica, o sistema II mostrou-se a melhor alternativa de produção, levando-se em conta lucratividade e menor risco.


Palavras-chave


Hordeum vulgare; receita líquida; dominância estocástica; média da variância; aveia branca; ervilhaca; milho; soja

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461