Análise da adaptabilidade por regressão segmentada com estimação da junção dos segmentos

João Gilberto Corrêa da Silva

Resumo


Os métodos que relacionam as respostas individuais de genótipos com o índice de ambiente por meio de equações de regressão lineares simples não são capazes de identificar o genótipo desejável, ou seja, o genótipo responsivo a ambientes favoráveis ou melhorados e que mantenha produtividade razoável em ambientes adversos. O método de regressão linear segmentada proporciona maior flexibilidade para a caracterização dos distintos comportamentos das respostas dos genótipos à variação do ambiente. Entretanto, um aspecto crítico desse método é a fixação arbitrária do índice de ambiente zero como ponto comum de alteração das taxas de respostas dos genótipos. Este artigo apresenta uma generalização do método de regressão linear segmentada que considera o ponto de mudança da taxa de resposta como um parâmetro de adaptabilidade adicional. A aplicação do método é ilustrada por meio de um exemplo.

Palavras-chave


interação genótipo x ambiente; adaptabilidade ao ambiente; estabilidade fenotípica; modelo linear segmentado; modelo segmentado não-linear

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461