Armazenamento de bulbos de cebola sob diferentes taxas de aeração intermitente

Antonio Teixeira de Matos, Valdecir Antoninho Dalpasquale, Fernando Luiz Finger

Resumo


Bulbos de cebola foram armazenados em três silos de 0,56 m de diâmetro x 2,15 m de altura, perfazendo colunas de bulbos com 2,0 m altura e submetidos a aerações intermitentes com taxas de vazão de 0,5; 1,0 e 1,5 m3.min-1.m-3 de cebola, respectivamente. O produto permaneceu armazenado por três meses, recebendo aerações diárias por períodos determinados pelas condições psicrométricas do ar atmosférico. Ao final do armazenamento foram avaliados os percentuais de perda de massa, bulbos deteriorados, brotados e enraizados por camada de bulbos. As taxas de aeração e o armazenamento não afetaram os teores de umidade dos bulbos, porém com fluxo de 0,5 m3.min-1.m-3 houve aumento significativo da umidade das películas externas dos bulbos aos 60 dias após o início do experimento. Aerações diárias com vazão de 0,5 m3.min-1.m-3 foram insuficientes para promover adequada aeração, porém taxas de aeração de 1,0 e 1,5 m3.min-1.m-3 reduziram as perdas por deterioração, e prolongaram o período de armazenamento do produto. Aos 88 dias a perda total de massa foi de 20,7%.


Palavras-chave


Allium cepa; deterioração; pós-colheita; silo

Texto completo:

PDF


Embrapa Sede
Parque Estação Biológica - PqEB - Av. W3 Norte (final) Caixa Postal 040315 - Brasília, DF - Brasil - 70770-901
Fone: +55 (61) 3448-2461